Colégio Mira Rio

Concurso, Lisboa, 2012

A proposta de intervenção que apresentamos tem os seguintes princípios estruturantes:

– A pré-existência do Convento de Nossa Senhora da Porta do Céu, pela sua história e importância urbana constitui, uma mais-valia e uma oportunidade de valorização para o Novo Colégio Mira Rio e por esse motivo será um dos principais elementos geradores do projeto;

– No cumprimento do Programa Funcional definiu-se como objetivo a separação dos vários ciclos de ensino, entendendo-se a frequência do Colégio como um percurso de formação a percorrer ao longo dos vários anos. Desta forma, a configuração e localização espacial das várias classes etárias por zonas distintas vai permitir, um crescimento mais integrado e harmonioso, respeitando os ciclos de crescimento próprios de cada estágio. Assim, se a creche e o pré-escolar marcam o começo dessa caminhada na parte mais baixa do edifício, junto à entrada, já as salas de aula do secundário irão localizar-se nos espaços mais elevados do antigo Convento, materializando o início e o fim do percurso ascendente a ser percorrido ao longo dos anos de formação no Colégio. Os espaços de utilização de todos os utilizadores, como sejam a capela, sala multiusos e refeitório, localizam-se na zona central do Colégio, facilmente acessível.

Com estes pressupostos a intervenção pode ser caracterizada pelas seguintes três operações a propor:

1. Reabilitação e refuncionalização do antigo Convento e do espaço exterior do antigo Claustro;

2. Criação de um embasamento construído com um único piso que permite manter a leitura na totalidade da fachada Sul do Convento, através de um edifício que tira partido da diferença de cotas entre a parte mais elevada do lote junto à antiga Rua de Telheiras e a Rua Prof. Francisco Lucas Pires, na parte inferior do lote;

3. Disposição de um novo edifício em “L” que vai criar um novo pátio exposto a Nascente. A ligação entre o novo edifício e o existente é feita no topo onde se encontra com o corpo existente e onde se vai situar o principal núcleo de distribuição vertical que permite aceder a todos os pisos do Colégio.